Primeiros resultados do rastreio KiDS (matéria escura)

Foram divulgados os primeiros resultados de um novo rastreio importante de matéria escura no céu austral, levado a cabo pelo VLT Survey Telescope do ESO (VST), montado no Observatório do Paranal, no Chile.

O projeto, chamado Kilo-Degree Survey (KiDS), faz uso de imagens do VLT Survey Telescope e da sua enorme câmera, a OmegaCAM, para analisar mais de dois milhões de galáxias. A equipe KiDS estudou a distorção da radiação emitida por estas galáxias, a qual se curva quando passa através de enormes halos de matéria escura no seu percurso até à Terra. Os resultados obtidos através do efeito de lente gravitacional mostram que estas galáxias contêm cerca de 30 vezes mais matéria escura que matéria visível.

Na imagem vemos a matéria escura invisível (a cor de rosa) sobreposta à imagem no visível.

Crédito:

Kilo-Degree Survey Collaboration/A. Tudorica & C. Heymans/ESO

Sobre a imagem

Id:eso1528c
Idioma:pt-br
Tipo:Observação
Data de divulgação:9 de Julho de 2015 às 16:00
Notícias relacionadas:eso1528
Tamanho:3818 x 3560 px

Sobre o objeto

Tipo:Early Universe : Cosmology : Phenomenon : Dark Matter
Constellation:Virgo

Formatos de imagens

JPEG grande
4,4 MB

Coordenadas

Position (RA):11 56 10.25
Position (Dec):0° 20' 49.11"
Field of view:12.73 x 11.87 arcminutes
Orientação:O norte está a 180.0° à esquerda da vertical

Cores e filtros

BandaComprimento de ondaTelescópio
Óptico
u
350 nmVLT Survey Telescope
OmegaCAM
Óptico
g
480 nmVLT Survey Telescope
OmegaCAM
Óptico
r
625 nmVLT Survey Telescope
OmegaCAM
Óptico
i
770 nmVLT Survey Telescope
OmegaCAM